liga

Um olhar critico (ou analítico) sobre a mais desastrosa animação da “DC Universe Animated Original Movies” já feita… para os DVD’s! 

Primeiramente, eu pensei em fazer uma simples critica sobre a animação. Porém, por dois motivos resolvi não fazer isso: a) o meu ódio por esse filme ultrapassa a barreira de parágrafos mínimos para uma critica construtiva b) perdi a data de lançamento. Então, apertem os cintos crianças que a baixaria vai começar!

Bem, a animação intitulada Liga da Justiça: Guerra foi publicada através do selo DC Universe Animated Original Movies que é extremamente elogiado pelos por diversos especialistas da mídia. Tudo isso em 04 de Fevereiro de 2014, com base no 55164454155 reboot da DC Comics chamado pela editora de “New 52”. Que por sua vez, também foi elogiado pelos especialistas na mídia, alguns mais que outros. Mas, essa animação em questão tem algumas diferenças em comparação com à historia original (vou abordar elas ao longo do texto).

A sinopse desse incidente da natureza é…

Uma série de raptos misteriosos vem ocorrendo ao redor do mundo. Para combate-los, heróis encapuzados (nem todos…) começam a agir pelas sombras; com o intuito de descobrir o porquê disso tudo. Lanterna Verde e Batman unem forças para perseguir o verdadeiro responsável pelos tais raptos e acabam descobrindo que ele na verdade é um Parademônio. E esse acaba sendo o gatilho para a união de super-grupo. a invasão de Darkseid.

Sim! Darkseid contra a primeira união do grupo, na primeira animação sobre o grupo. Tá de parabéns DC Animated!

Nem se anime, a arte do desenho nem de longe tem essa qualidade.

De todos os problemas da animação, o que de cara se destaca mais é o enredo em si. Para uma animação de estreia do grupo, seria bem mais plausível um vilão a altura da inexperiência da primeira formação como Brainiac, Marcianos Brancos, Gorila Grodd ou Lex Luthor. Mas não, eles metem um quase deus como primeiro inimigo do grupo. O que joga toda a moral da animação por água a baixo.

Porém, com o avançar da trama alguns excelentes recursos de roteiro são totalmente deixados de lado para dar espaço para a pancadaria. Ou seja, as excelentes discussões sobre o alto custo da reconstrução de patrimônio publico e privado são rapidamente ignorados por conta de piadas sem nexo que são encaixadas na cena…

Pulando para outros fatos; a própria formação do grupo não faz sentido algum. Eles ignoraram a formação clássica dos quadrinhos (leia-se Novos 52) e desenhos animados, para por no lugar Shazam: que não se encaixa no grupo por conta do Superman e Cyborg: que não é um personagem ruim, mas que deixa a desejar em comparação com o Caçador de Marte. O grupo em si é bem bizarro, eles não se encaixam em uma concepção de “cada um serve para determinado problema”. Eles (produtores) basicamente juntaram os mais “populares” querendo criar um grupo mais visível para o publico em geral… leite com pera, criados a ovomaltine e minecraft.

O Batman, a sim o Batman. De todos os problemas encontrado ele é o mais gritante. Ele no grupo é o cérebro da equipe, sendo que ao seu lado existe um cara muito mais inteligente que ele; o cyborg. Ele no grupo é o líder da equipe, sendo que ao seu lado existe um cara muito mais poderoso que ele; o Superman. Até mesmo se você tentar encaixar ele na equipe como o guerreiro branco, não funciona, por conta da Mulher-Maravilha que ocupa esse posto. O mais engraçado de tudo é que o próprio Superman percebe a inutilidade do cara…

As cenas de combate são bem animadas, mas a soluções encontrada para cada desafios são de cair o c# da bunda. Se um personagem diz “Temos que derrotar o Darkseid” o outro, logo em seguida diz: “Sim, vamos furar sus olhos”. Ou seja, eles são mais mercenários que resolvem os problemas do modo mais fácil do que heróis que tem todo um conjunto de ideias para transpor as dificuldades. Outro ponto a se ressaltar é que tudo se resolve muito fácil, a invasão é praticamente resolvida em questão de horas, apenas ocorrendo em solo americano. É quase uma “invasão vip”.

A estilo de animação também é bem fraco, não feio, mas fraco. Se você compara ela com os traços do Bruce Timm o nível de qualidade salta aos olhos. 

Por fim tenho que resaltar as absurdas analises que encontrei na web americana sobre essa animação em particular, além de estar com nota 7,2 no IMDB. Tem outros sites que deram nota 8,0 para uma animação desse nível, o que levanta a suspeita de um graninha por baixo dos panos. Além de que; se a Warner Bros. realmente PENSAR em adaptar algo desse nível para o cinema, pode ter certeza. Vai da merda; e merda das grandes.

Recomendação: Passe longe.

Anúncios

8 comentários em “Liga da Justiça: Guerra – Uma ENORME advertência para a Warner “Bost”

  1. Credo, nunca li tanta merda, da até um ruim de ler. Por sorte gosto tanto da Marvel quanto DC, porque ser fanboy de uma só é uma desgraça, fanboys sempre fazendo papel de otario.
    BTW acabei parando aqui por uma pesquisa no google, e não pretendo voltar a um site amador como esse.

  2. Respeito sua opinião, embira não concorde, mas na moral, tu é um puta Hater. A animação é incrível não deixa a desejar e atualidade dos traços, sem comentários, são os melhores que vi nas animações da DC. RECOMENDO QUE ASSISTAM!

    1. A questão, meu caro, é que o seu referencial é pobre. A animação não é boa em nada (até porque a fonte da obra é ruim) chega a ser pior que o desenho da Liga da Justiça (que é de 2001). Não existe um gigante por trás da produção do longa, Bruce Timm estava trabalhando em outros projetos.

      Recomendo a você “Justice League: Gods and Monsters” (estou devendo uma critica) ou até mesmo o ” Batman: The Killing Joke” (que é fraco comprado ao quadrinho, mas bem animado) que são muito superiores a essa animação.

      Até mais, sinta-se a vontade para visitar o blog outras vezes.

  3. A questão, meu caro, é que o seu referencial é pobre. A animação não é boa em nada (até porque a fonte da obra é ruim) chega a ser pior que o desenho da Liga da Justiça (que é de 2001). Não existe um gigante por trás da produção do longa, Bruce Timm estava trabalhando em outros projetos.

    Recomendo a você “Justice League: Gods and Monsters” (estou devendo uma critica) ou até mesmo o ” Batman: The Killing Joke” (que é fraco comprado ao quadrinho, mas bem animaado) que são muito superiores a essa animação.

    Até mais, sinta-se a vontade para visitar o blog outras vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s