theinfiltrator-malditosinvasores

Bryan Cranston não sai do mundo das drogas.

Uma dos pontos mais importantes – na minha humilde opinião – para um filme é o ritmo. Como em uma dança, se você não tiver ritmo, toda a sua coreografia vai por água a baixo. É, o filme em estão aqui tem ritmo para dar e vender. Sem contar que os fatos retratados no filme são baseados uma operação que realmente foi um soco no estomago de escobar e que desencadeou toda uma contra ofensiva do governo para acabar com o cartel de medelin. Bryan Cranston mais uma vez está ótimo e muito bem acompanhado por atores tão grandes quanto ele próprio, Diane KrugerJohn Leguizamo estão excelentes.

Agora, o que me entristece é a parte final do filme, as coisas se resolvem muito facilmente e tudo acontece de maneira muito rápida. Onde deveria ser o clímax do filme, temos apenas um casamento cafona e mal ensaiado onde se deveria ocorrer todas as maiores cenas de temor do personagem. Tudo acaba em festa em um filme onde 15 min antes o personagem estava quase tendo um derrame por conta do medo de ser descoberto.

Apesar dos problemas relacionados a parte final do filme. Dois pontos a se destacar, e que não podem ser esquecidos, é que a trilha sonora foi muito bem escolhida e uma faixa em particular se encaixa lindamente com a cena em questão e o segundo ponto é que esse jovem diretor (Brad Furman) tem de ser observado de perto, um grande futuro está planejado para esse rapaz. O longa “The Infiltrator” é uma ótima pedida, cheio de ritmo, um grande roteiro e boas atuações esse filme vai prender sua atenção do começo até a metade, e decepcioná-lo no final ou não.

7,5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s